sábado, 3 de setembro de 2011

Brota ó poço!




Quando Abraão inicia sua jornada para a Terra prometida, enfrentou circunstâncias difíceis, mas aprendeu a cavar poços, por onde passava cavava poços para sobrevivência de sua família e do seu gado, e certamente essa estratégia de cavar poços fez deste um homem poderoso e rico (Gn 13:2)


Os poços de Abraão eram poços que davam muita água, esses poços foram motivo de disputas dos próprios descendentes de Abraão e de muitos outros povos.

A visão de abrir poços por onde ia era uma estratégia revelada por Deus, e Deus também quer te dar estratégias, colocar em suas mãos um plano, uma ideia que influenciará toda sua vida.

Quando Agar e seu filho Ismael saem da casa de Abraão, eles passam a andar errante no deserto de Berseba, então o desespero tomou conta desta mulher, pois a água do odre havia acabado, ela deixa o menino Ismael debaixo de um arbusto, para não ver seu filho morrer, e começou a chorar. Deus então abre os olhos daquela mulher e ela encontra um poço.

"Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação. E abriu-lhe Deus os olhos, e viu um poço de água; e foi encher o odre de água, e deu de beber ao menino." (Gn 21: 18 e 19)

Este poço que salvou a vida de Ismael, foi aberto pelo seu próprio pai Abraão, pois onde passava abria poços.

"Abraão, porém, repreendeu a Abimeleque por causa de um poço de água, que os servos de Abimeleque haviam tomado à força. E disse: Tomarás estas sete cordeiras de minha mão, para que sejam em testemunho que eu cavei este poço. Por isso se chamou aquele lugar Berseba, porquanto ambos juraram ali."(Gn 21: 25 e 31)

Alguns anos mais tarde após a morte de Abraão, houve um tempo de fome sobre a terra, um tempo horrível, e Isaque tem um encontro com Deus.

"E apareceu-lhe o SENHOR, e disse: Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser; Peregrina nesta terra, e serei contigo, e te abençoarei; porque a ti e à tua descendência darei todas estas terras, e confirmarei o juramento que tenho jurado a Abraão teu pai; E multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e darei à tua descendência todas estas terras; e por meio dela serão benditas todas as nações da terra; Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis. Assim habitou Isaque em Gerar." (Gn 26: 2 a 6)

Isaque foi orientado por Deus a morar na terra onde seu pai Abraão tinha cavado poços, e naquele tempo de escassez e fome Isaque tornou-se muito prospero.

"E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o SENHOR o abençoava. E engrandeceu-se o homem, e ia enriquecendo-se, até que se tornou mui poderoso." (Gn 26: 12 e 13)

Mesmo depois que os filisteus por inveja entulharam os poços aberto pelos servos de Abraão, e contendiam por esses poços, Isaque então  partiu  para outras regiões e aprendeu a cavar poços e se estabeleceu e prosperou sobre a terra.

Os poços abertos por Abraão e Isaque brotavam águas, pois andavam orientados pelo Senhor, mesmo em meio ao deserto, em meio a crise de fome na terra, eles prosperaram.

Assim também seus poços tem que brotar, as águas devem fluir abundantemente, não importa o que estão vivendo outros, com você é diferente, pois o teu Deus é o Deus que faz os poços brotarem.

Numa das jornadas de Israel pelo deserto, eles estavam vivendo um momento de cansaço extremo, vivendo portas fechadas, pois os povos não lhes permitiam passar por suas terras, enfrentaram então um longo caminho passando por várias fronteiras, passaram no deserto dos amorreus, andaram em muitos vales onde sofreram rejeição dos Edomitas e Moabitas, e ficaram no limite de suas forças, sem esperanças e  foi nesta situação limite, quando tudo parecia perdido que o Senhor lhes trouxe o livramento.

" ... o SENHOR disse a Moisés: Ajunta o povo e lhe darei água. Então Israel cantou este cântico: Brota, ó poço! "(Nm 21: 16 a 18)
Este canto profético no deserto, fez brotar o poço, segundo a palavra do Senhor, que lhes tinha dito que daria água.

Sei que muito estão vivendo situações limite, emergências financeiras, crises emocionais e espirituais, alguns enfrentando enfermidades, rejeições e problemas familiares, e como Agar andam erroneamente no deserto, como o povo de Israel  pensam que vão morrer, mas Deus te envia a palavra profética e o cântico profético do deserto:  BROTA Ó POÇO! 

Hoje o Senhor diz que vai te dar água, esta palavra profética vai marcar um tempo novo em sua vida.

Existem poços para serem cavados, isto fala de bençãos  que virão ao longo da caminhada com o Senhor, outros poços precisam retirar o entulho, são as bençãos que virão em alguns dias, e existem poços que precisam remover a pedra, para esta benção é necessário remover  obstáculos que te impede de tomar da água que já está a sua disposição, outros poços estão secos no meio do deserto, e só precisam ouvir a palavra profética.

Então profetize, declare a palavra do Senhor sobre as circunstancias, sobre portas fechadas, enfermidades, rejeições ou qualquer outra situação, receba a unção para liberar a profecia: BROTA Ó POÇO! 

Pr. José Carlos Lopes - Ministração Profética em 02/09/11.








Nenhum comentário: