quarta-feira, 16 de junho de 2010

Estigma do Evangelho


O genuíno evangelho de Cristo  nos liberta, cura, regenera, nos dá dons, prosperidade, realizações e a esperança da vida eterna. Mas com todas essas bençãos vem também o estigma.

Quando Deus nos chama e nos escolhe, passamos a andar diferentes do mundo, mudamos hábitos, abandonamos vícios, deixamos a prática do pecado, e isso atrai hostilidade de outras pessoas, esse é o Estigma.

Por não vivermos como o mundo vive somos perseguidos, Jesus mesmo disse, que o mundo nos odiaria: 

"Se vós fosseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: não é o servo maior que seu senhor. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros..." ( Jo 15:19,20).

Muitos vem para o evangelho, somente querendo as bençãos, somente querendo resolver situações, procurando solução para diversos problemas, e não aceitam o estigma que acompanha o evangelho.

Existe um preço a ser pago por aqueles que querem seguir a Jesus, e serem seus discípulos, este preço  nada mais é o do que o Estigma. " Se alguém vem a mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos e inda sua própria vida, não pode ser meu discipulo. E qualquer que não tomar sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo" ( Lucas 14:26,27).

Este é o sofrimento que o evangelho propõe. " ...porque isto é grato, que alguém suporte tristezas, sofrendo injustamente, por motivo de sua consciencia para com Deus." ( I Pe. 2:19), esta é a cruz que temos que carregar, sofrer o dano, sofrer injustiça por amor ao evangelho, sua cruz não pode ser a falta de dinheiro, o desemprego, a enfermidade,  família destruída, demaneira nenhuma,  o evangelho te dá poder para solucionar todos esses problemas,  o evangelho te dá poder para prosperar, e para enriquecer, o evangelho te dá poder para andar curado, sarado, ter uma família feliz e abençoada; a sua cruz, ou seu estigma é sofre oposição, perseguição, rejeição é ser odiado pelo mundo por amor a Jesus, e quando vier este sofrimento, você não revida, apenas pede graça a Deus para suportar.

Veja isso: " Ora, quem é que vos há de maltratar, se fordes zelosos do que é bom? Mas ainda que venhais sofrer por causa da justiça, bem-aventurados sois. Não vos amedronteis, portanto, com suas ameaças, nem fiqueis alarmados, antes santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam, o vosso bom procedimento em Cristo, porque, se for da vontade de Deus, é melhor que sofrais, por praticardes, o que é bom do que praticando o mal. Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para consuzir-vos a Deus; " ( I Pe 3:13-19)

A  vida de Jesus foi acompanhada pelo estigma:

Jesus foi perseguido logo quando nasceu, sofreu todo tipo de hostilidade, for rejeitado pela sua nação, foi difamado, foi traido por um amigo, foi abandonado pelos seus companheiros de ministério, sofreu  todo tipo de injustiça, zombaram Dele quando estava na cruz, isso sem ter pecado ou cometido erros com qualquer pessoa.

Os apóstolos também viveram o estigma do evangelho, foram  perseguidos, presos, açoitados e mortos.

O Apóstolo Paulo disse em Galátas: " ...ninguem me inquiete, pois trago em meu corpo as marcas de Jesus. Gl 6:17

Veja também o que ele  disse em II Co 11:23 a 28, referindo-se ao que sofreu em seu ministério.

Deus quer restaurar a glória da Igreja desta geração, mas esta igreja tem que suportar o estigma do evangelho.

Deus está perguntando: Quem está disposto a suportar ?

Quem está disposto a suportar a rejeição, a crítica, o abandono, a reprovação por amor ao evangelho?

Queremos o avivamento, mas não queremos suportar o estigma do evangelho, a igreja primitiva vivia no avivamento, mas era perseguida.

Queridos para poder estar naquilo que  Deus quer fazer nesta geração, teremos que aceitar o estigima do evangelho.

Não sei qual o tipo de evangelho que te foi anunciado, evangelho só de alegrias, só de realizações?

O evangelho genuíno tem poder, riquezas, curas, solução de problemas, mas acompanhado com as marcas de Cristo.


Pr. José Carlos Lopes

( Mensagem do culto seminário de unção - quarta-feira  16/jun/2010

2 comentários:

tathiflor disse...

Linda mensagem Pr.!!! temos mesmo é q pegar a nossa cruz e seguir Jesus!! negar a nós mesmos e seguir os ensinamentos do evangelho!! Deus te abençoe!! bjus da sua filha da praia!!

Crislaine disse...

Olá graça e paz!

Passando para visitar!!! Gostei do teu blog! parabéns
Já estou te seguindo, siga-nos também

Aproveite e nos faça-me uma visitinha, tem muitos artigos novos.

Jesus Nome Incomparável

Abraços