segunda-feira, 19 de abril de 2010

Libertando-se das sentenças de condenação


Texto Bíblico: Rm 12:1 e 2 ; Rm 8:1; Tg 03.

Deus tem uma vontade perfeita para nós,  Na carta do Ap. Paulo aos Romanos 12:01 e 02 diz: "Rogo-vos pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo, e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável  e perfeita vontade de Deus."

Aqui Paulo escreve que se apresentarmos nosso corpo por sacrifício e renovarmos nossa mente seremos capazes de experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Ora na vontade boa, agradável e perfeita de Deus, não creio que haja nenhum tipo de condenação, nenhum tipo de escravidão,  se voltarmos no capítulo 08 de Romanos, veremos o que está escrito; " Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito."

Então entenda, que você pode decidir andar na vontade perfeita de Deus, a decisão é sua, devemos andar no Espírito,  andar no Espírito é apresentar nosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus. Mas como? Como posso literalmente andar no Espírito?

Permita-me pela palavra de Deus te fazer entender, Apóstolo Tiago escreve em sua carta, no capítulo 03 que a língua é o que dirige a vida do homem, ela é comparada ao leme de um navio, e  com ela podemos bendizer a Deus ou maldizer as pessoas, Tiago diz que nenhum homem a pode domar,  mas quero te dar uma boa notícia,  você pode entregar sua língua ao Espírito Santo,Ele pode domar sua língua, Ele quer orar através de você, se você entregar a sua língua ao Espírito Santo, ele irá dirigir sua vida, isto é vc andará no Espírito, é por isso que somos batizados no Espírito Santo, e ele nos dá uma língua que não entendemos, mas se  orarmos em outras línguas seremos edificados. Entenda todas as vezes que você ora em línguas vc está entregando o leme da sua vida ao Espírito, isto é andar no Espírito. Orando em línguas vc irá ser edificado, para andar na vontade boa, agradável e perfeita de Deus, O Espírito Santo irá te tirar de toda a condenação do pecado, de toda a condenação da carne, de toda a condenação do diabo, não importa qual foi a sentença de condenação que o diabo envioy para você, quem anda no Espírito está livre de toda a condenação." Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito." Rm 8:01

A escolha é sua? vc pode propositalmente andar no Espírito, o quanto quiser, a hora que quiser, vc pode porque quer andar no Espírito, e desfazer toda a sentença de condenação seja financeira, espiritual, emocional, seja uma enfermidade incurável, repito vc pode desfazer toda a sentença de condenação contra sua vida.
Jesus já te deu o Espírito Santo, que quer te edificar, quer que vc ande numa nova natureza regenerada.

Para finalizar preste atenção na "parábola da galinha e do pato" que ouvi do meu amigo Pr. Dave Roberson em 2005, numa conferencia de oração em línguas: 

"Um dia alguém pôs um ovo de pato num ninho cheio de ovos de galinha. Quando os ovos se chocaram, a galinha encontrou um patinho engraçadinho correndo junto com os irmãozinhos pintinhos!





Criado como um pintinho desde que nasceu, o patinho não sabia que era um pato. Mesmo tentando o seu máximo para se adaptar, ele estava sempre deslocado. O patinho quase morria de fome quando tentava ciscar e bicar um inseto no chão, tentando fazer como os irmãozinhos. Enquanto isso, os pintinhos caçoavam dos pés e bico do "irmão".
Um dia, quando os filhotes estavam sendo alimentados perto do lago, um desejo irresistível veio ao patinho de se jogar na água – e quando ele o fez, uma coisa impressionante aconteceu. Ele se sentiu muito livre e vivo. Ele podia nadar! Ele podia comer! De alguma maneira ele sabia fazer aquilo!

A mãe galinha veio para a margem do lago, muito brava, gritando dando ordens ao patinho para sair da água. Ela exclamou, "O que lhe possuiu e o fez ir para dentro da água? Você podia ter SE AFOGADO!". O patinho respondeu, "Eu não sei, mamãe. Algo dentro de mim me disse que eu sabia nadar!".




Enquanto crescia, o patinho continuava fugindo para o lago para nadar, toda vez que tinha a oportunidade. Certo dia, enquanto ele estava lá, um bando de patos voando ao redor pousou no lago.
"Olá, Pato", um deles disse. O patinho respondeu, "Eu não sou um pato; eu sou um pintinho".
"Pintinhos não nadam!" os patos gritaram, rindo. "Olhe para o seu reflexo e olhe para nós; você não é um pintinho – você é um pato como nós!". Então os patos começaram a ensiná-lo muitas coisas sobre patos que não eram como a Mãe Galinha o tinha ensinado. O patinho ficou surpreso em descobrir que entendia tudo o que eles o ensinavam.
Finalmente, os patos lhe disseram, "Nós queremos lhe ensinar mais uma coisa. Olhe para nós, Pato, você pode voar!". Todos os patos bateram as asas e sobrevoaram sobre a água. Ao levantarem vôo todos juntos se emocionaram em ver o patinho ganhando altitude no meio deles! Ele havia entendido tudo! Ele tinha a natureza de um pato e agora estava sendo ensinado por patos sobre as coisas de pato – coisas que ele podia entender com a sua natureza!
O "pato-galinha" voando no alto junto com os outros patos viu seus irmãos lá em baixo no terreiro e educadamente, pediu licença ao bando, "Eu já volto".

O patinho desceu tão rapidamente que seus irmãos correram para não serem atingidos. Ele, gritando, disse, "Vocês estavam errados! OLHE PARA MIM! Eu sei VOAR! EU VOU ser algo na vida!"

Queridos filhos, nós somos como o pato, nós podemos nadar, correr sobre as águas, melhor ainda podemos voar!

Você não é como as galinhas do mundo, vc não precisa ficar ciscando na vida, vc é como um pato, tem uma língua diferente, tem um andar diferente.

Todas as vezes que vc quiser ser como uma galinha, vc vai sofrer, vão rir de vc, vai ser ridicularizado, as sentenças condenatórias alcançarão êxito em sua vida.

Patos, vocês podem orar no Espírito Santo, isto é orar em línguas no mínimo 1 hora por dia? 

Pr. José Carlos Lopes ( mensagem do culto seminário de unção, Quarta 14/04/2010)

3 comentários:

tathiflor disse...

Pai, é muito bom quando aprendemos por parábolas, assim como Jesus fazia com seus discípulos!! bjus

Cheila disse...

...É muito bom saber que DEUS tem uma vontade perfeita para nós,Podemos nos libertar de coisas que não nos agrada e nos fazem sofrer.Só basta querermos ser moldados através do Espirito Santo,pois;ele nos molda e nos capacita sempre.
Realmente somos patos:Livre pra correr,livre pra voar,livre pra andar sobre o que é lindo e feito por DEUS.

Conclusão:

Sou uma Patinha tenhoo privilégio de ter uma lingua diferente,tenho um andar diferente e o melhor de tudo eu VOO.

NANÁ disse...

QUERIDO PASTOR JOSE CARLOS,ESSA PARABOLA DO PATO,É MUITO BOA E ME AJUDOU A TOMAR UMA DECISÃO MUITO,MUITO SÉRIA;OBRIGADA POR CADA UMA DESSAS PALAVRAS,ME AJUDARAM-FORTALECENDO-ME;POIS FICAR MUITO TEMPO SEM IR AOS CULTOS,É BEM PREJUDICIAL,POR ISSO É IMPORTANTE QUE TENHAMOS SEMPRE UMA PALAVRA VINDA DE DEUS PARA NOS FORTALECER.UM ABRAÇO.ANA LUCIA.